Após rebaixamento, Drubscky e Chávare deixam o Bahia

De acordo com o clube, a decisão foi tomada em comum acordo

Foto: Felipe Oliveira / ECBahia


Após o rebaixamento do Bahia para a Série B, dois nomes responsáveis por pensar o futebol da equipe deixaram o Tricolor. Hoje, o Esquadrão informou as saídas do executivo de futebol Lucas Drubscky e do gerente de futebol Júnior Chávare.


De acordo com o clube, a decisão foi tomada em comum acordo.


Ao se despedir da imprensa, Chávare enviou uma nota. Confira abaixo:


Ontem, após a rodada final do Campeonato Brasileiro e ainda bastante sentido com a dor do objetivo não cumprido, em conversa com o presidente Guilherme Bellintani, decidimos pelo encerramento do meu ciclo no Esporte Clube Bahia.


Ao aceitar o desafio de representar a pesada camisa tricolor, sempre estive ciente da responsabilidade. Contribuir com o Departamento de Futebol do Bahia exige entrega total e irrestrita, e foi assim que encarei todos os dias de trabalho até aqui.


Apesar de ser muito grato por todos os momentos vividos no Tricolor de Aço, inclusive com a conquista de uma Copa do Nordeste, é impossível não carregar a tristeza de não termos mantido este gigante do futebol brasileiro na Série A. O Bahia é uma potência e merece estar no topo. Sempre.


Aproveito a oportunidade para fazer um agradecimento especial ao presidente Guilherme Bellintani e ao vice-presidente Vitor Ferraz, homens sérios, trabalhadores e que amam este clube assim como a sua fiel torcida.


Aos torcedores, faço menção honrosa. O tricolor é um fiel apaixonado, que joga junto e luta muito. Pude sentir esse calor de perto durante toda a minha passagem pelo clube. Dentro ou fora de Salvador, vocês sempre estiveram por perto.


Deixo aqui meus agradecimentos também à todos os funcionários e, desde já, afirmo que estarei na torcida para que o Bahia volte o mais breve possível ao lugar de onde nunca deveria ter saído.


Atenciosamente,


Júnior Chávare.