Bahia prevê redução de 55% de gastos com quadro funcional

"Estamos revendo todos os contratos, desde compra de papel, até tratamento de água", afirmou o Gerente Executivo do clube, Danilo Bittencourt

Foto: Felipe Oliveira / ECBahia


Adequando as contas para a Série B, onde terá um orçamento 57% menor do que em 2021, o Bahia iniciou os cortes de custos. De acordo com o Gerente Executivo do clube, Danilo Bittencourt, a redução de gastos com pessoal deve chegar em 55%.


Nos últimos dias, dois profissionais de preparação física anunciaram a demissão do Bahia. O "passaralho" deve atingir mais profissionais.


"Estamos revendo todos os contratos, desde compra de papel, até tratamento de água. Vamos gastar só o essencial", afirmou Bittencourt.