Bahia processa jornalista que acusou clube de manter racistas nos seus quadros

Muitos torcedores - e o próprio jogador - viram direcionamento da mensagem para o atleta Juan Pablo Ramírez

Foto: Reprodução / Twitter


O departamento jurídico do Bahia processou o blogueiro e jornalista Vinícius Sacramento após um vídeo em que ele acusa o clube de manter racistas em seus quadros.

Em vídeo publicado após a partida entre Flamengo e Bahia, Sacramento fala: "O Flamengo fez o que tinha que fazer, goleada no Bahia, 3x0, afunda aqueles que contratam e mantém empregados racistas".


Muitos torcedores - e o próprio jogador - viram direcionamento da mensagem para o atleta Juan Pablo Ramírez, do Tricolor, que no ano passado se envolveu em uma confusão com o então jogador do Flamengo, Gerson.

À época, Gerson disse que o colombiano praticou, durante uma partida, o ato de injúria racial. Após investigações, o Ministério Público do Rio de Janeiro e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva arquivaram o caso pela falta de provas. Ramírez sempre negou que tenha ofendido o jogador flamenguista.

Agora, o blogueiro vai ter a difícil missão de provar a acusação à Justiça, uma vez que nem mesmo órgãos de apuração conseguiram as provas.