Bamor diz que 'acabou a paz' e pede renúncia de Bellintani

A organizada diz ainda que o rebaixamento será "cobrado à altura"

Foto: Felipe Oliveira / ECBahia


A torcida organizada Bamor pediu, através de uma nota, a renúncia do presidente do Bahia Guilherme Bellintani. Para o grupo, a queda para a série B é fruto de "quatro anos de mesmice".


"São 4 anos de mesmice. 4 anos de ações direcionadas ao extra campo, 4 anos que o Bahia deixou suas marcas para trás e passou a ser o Bahia que frustra seu torcedor sem pensar duas vezes. Isso não é Bahia. O que esses incompetentes estão fazendo com nosso clube é tirar todo o espírito vencedor e focar em alavancar uma empresa de marketing e boas relações. Voltamos a afirmar, ISSO NÃO É ESPORTE CLUBE BAHIA", diz o texto.


A organizada diz ainda que o rebaixamento será "cobrado à altura". "A paz momentânea acabou. Agora com vocês é olho por olho e dente por dente. Não esqueceremos a queda, não esqueceremos as tantas vezes que vocês fizeram descaso com o futebol, não esqueceremos a contribuição para o falecimento de um irmão tricolor que se foi vendo uma partida do seu clube de coração. A mágoa e a raiva que vocês citaram na coletiva pós rebaixamento vai ser vista na prática e sentida na pele".



728x90-Campanha-BNAutos.gif