Bellintani diz concordar com afastamento de jogadores e garante pagamento de salários

“Ele preferiu afastar atletas que não renderiam ao que ele propõe”

Foto: reprodução/YouTube


Presidente do Bahia, Guilherme Bellintani disse concordar com o afastamento de jogadores promovido pelo técnico Guto Ferreira.


“O que aconteceu é que para o número de jogos que nos restam, 12, para essa reta final, não tem porque trabalhar com 28 ou 32 atletas. No começo do ano trabalhamos com esse número. Quando chega na reta final, não precisa. Guto optou por reduzir o grupo, trabalhar com quantidade disponível pra viagens. Tivemos destaque de quatro atletas para treinar em outro horário e ele escolheu jogadores do sub-23 para compor nosso principal ou até sub-20, como o Douglas Borel”, disse, em entrevista à Metrópole.


“Ele preferiu afastar atletas que não renderiam ao que ele propõe pro final da competição. É um remanejamento de peças. É justificável e concordamos com essa redução”.


Para o presidente do Bahia, os salários atrasados são uma página virada no clube. “O Bahia não tem salário atrasado hoje. O salário do mês que vem será pago. Direito de imagem de quem chegou esse ano está em dia. Os 7 que estavam no ano passado tem 3 parcelas em atraso”.

728x90-Campanha-BNAutos.gif