‘Brigar até a última bola’, destaca Mugni sobre postura da equipe para partida desta sexta (8).

Meia também comentou sobre o momento pessoal em que vive no time

Foto: Leticia Martins/ EC Bahia

Na manhã desta quinta-feira (7), no CT Evaristo de Macedo, o entrevistado do dia foi o meia argentino Lucas Mugni. O atleta falou sobre a postura da equipe em campo contra um adversário que não vem bem no campeonato e sobre seu momento como titular do time.


“Para chegar ao nosso objetivo, não temos que mudar o nosso pensamento se eles estão lá embaixo ou em cima da tabela. Nosso objetivo é buscar os três pontos, ser muito competitivo. Então esse não pode ser um jogo diferente para a gente”, explicou o meia.


O Bahia venceu as duas últimas partidas fora de casa, contra Operário e Brusque. O meia argentino explicou do que esperar da equipe para a partida desta sexta-feira (8).


“Sinceramente, vamos em busca do resultado. Não posso dar certeza, mas o que posso afirmar é que seremos competitivos, vamos lutar e brigar até a última bola.” Afirmou.

Acerca do seu momento particular, o argentino afirmou:


“Estou melhorando no dia a dia, estou me sentindo muito confortável. Ano passado estava em adaptação, agora já estou me sentindo bem melhor. Futebol é isso, um conjunto de tudo, do time, do resultado, dos treinadores. O jogador também depende disso.”


Mugni foi questionado sobre o esquema com 4 jogadores no setor de meio-campo.


“Obviamente as características dos jogadores mudam um pouco o estilo do time. Você tem um pouco mais de volantes, vai ter um pouco mais de posse de bola e na hora que perder a bola terá uma pressão pós perda, que já é natural de nós. Mas também quando você precisar de um jogo mais rápido, você pode mudar, colocar mais atacantes e muda a cara da equipe”.

Concluiu.