Caso Opportunity: acordo chega ao Conselho Fiscal do clube

Entrave atrapalhava o desfecho da negociação final com o Grupo City

Foto: Reprodução/ Canal Info Bahêa

Segundo apuração do Bahia Notícias, o Banco Opportunity que foi parceiro do Esquadrão entre 1998 e 2006, chegou a um acordo com a Diretoria Tricolor, acordo este que já foi formalizado e enviado para o Conselho Fiscal do time, que o já tem em mãos.


O banco cobrava R$ 100 milhões na Justiça por um distrato feito no ano de 2006. Em Março deste ano, o presidente Guilherme Bellintani chegou a comentar sobre o assunto.


"Estamos muito perto de fechar um acordo, que será analisado pelo Conselho Deliberativo. Vamos mandar em breve. O acordo não vai equacionar, mas talvez com desconto de 60 a 70% do valor da dívida ao longo de sete anos", disparou.


Esta dívida era um dos imbróglios que atrapalhava o desfecho da negociação do clube com o Grupo City, que deve investir no clube e criar uma SAF.


Em entrevista ao PodInfo Bahêa, na quinta-feira (7) da semana passada, Bellintani voltou a falar sobre o assunto, indicando que finalmente um desfecho para este caso está próximo.


"Estamos em um empecilho formal que estamos perto de resolver. Após resolver isso, em dias a gente consegue formalizar a proposta. É a proposta que o parceiro e o Bahia construíram juntos, por isso demorou tanto. Tem um representante do nosso potencial investidor aqui no Brasil trabalhando", disse o Presidente.