Caso Pedro Henrique: STJD exige posicionamento de Sport e CBF

Time pernambucano pode perder até 17 pontos no Campeonato

Foto: Anderson Stevens/ Sport Club do Recife

Após a denúncia de nove clubes da Série A – sendo o Bahia um deles – a procuradoria do STJD deu segmento ao processo ainda em aberto, e determinou nesta segunda-feira (18), um prazo de três dias para que o clube e a CBF possam se pronunciar a respeito.


Ronaldo Piacente, procurador-geral, foi quem efetuou o pedido, e a partir do posicionamento de Sport e CBF, a procuradoria irá decidir se dará andamento ao processo, oferecendo denúncia para julgamento, ou se arquivará o caso.


Pedro Henrique disputou cinco partidas pelo Internacional e recebeu cartão amarelo no banco em duas outras ocasiões, o que somaria o limite de sete partidas “jogadas”.


Sendo assim, o jogador não poderia atuar por mais nenhum outro clube da Séria A nesta temporada. O que acarretaria com a perda de 17 pontos para o time de Recife. Seriam 15 válidos pelas cinco partidas disputadas pelo zagueiro e mais 2 obtidos nos empates conquistados.


Leia abaixo o comunicado:

“De ordem do Dr. Procurador Geral Dr. Ronaldo Piacente, deste Superior Tribunal de Justiça, referente ao processo nº311/2021 – Notícia de Infração – Requerentes: AMÉRICA FUTEBOL CLUBE, ASSOCIAÇÃO CHAPECOENSE DE FUTEBOL, ATLÉTICO CLUBE GOIANIENSE, CEARÁ SPORTING CLUB, CUIABÁ ESPORTE CLUBE LTDA, ESPORTE CLUBE BAHIA, ESPORTE CLUBE JUVENTUDE, GRÊMIO FOOT-BALL PORTO ALEGRENSE e SANTOS FUTEBOL CLUBE – Requerido: SPORT CLUB DO RECIFE, informo que através de despacho, abre-se vista para a Confederação Brasileira de Futebol e o Requerido se manifestarem no prazo de 03 (três) dias”.

728x90-Campanha-BNAutos.gif