Com inquérito ainda em andamento, Clayson fala em inocência em caso de agressão

Jogador afirma que irá se reapresentar ao Bahia; clube está silente diante de acusações

Foto: Asscom Dourado


O atacante Clayson, que pertence ao Bahia, mas estava emprestado ao Cuiabá, veio às redes sociais alegar inocência na acusação de agressão contra uma garota.


Em texto publicado nas redes sociais, o atleta disse que "após minuciosa investigação realizada pela Delegacia de Polícia Especializada da Defesa da Mulher de Cuiabá, sendo ouvidas cinco testemunhas presentes no ocorrido, incluindo outras mulheres, foi completamente afastada qualquer participação do atleta em episódios de agressão ou ofensa". Contatada pelo Info Bahêa, a autoridade policial negou que tenha concluído e caso e reiterou que o inquérito ainda está em andamento.


A mesma informação fora passada ao site pela Polícia Judiciária Civil do Estado do Mato Grosso. De acordo com a assessoria do órgão, ainda ontem não havia conclusão para o caso - não sendo possível, portanto, afastar ou confirmar as acusações contra o atleta.


Com o texto publicado em suas redes, Clayson afirma que irá se reapresentar ao Bahia, "com o qual tem vínculo até o fim de 2022". O Tricolor não se manifestou sobre as acusações.


Relembre o caso - O jogador foi acusado em 9 de dezembro de agredir fisicamente uma mulher dentro de um motel em Cuiabá. De acordo com o G1, a garota, de 22 anos, foi internada após tentar tirar a própria vida. À polícia, a mulher contou que na noite de segunda-feira (6) para terça-feira (7) estava em um motel com três homens e duas mulheres.


Em determinado momento, o jogador de futebol quebrou uma garrafa e agrediu a mulher, de acordo com o boletim de ocorrência.

728x90-Campanha-BNAutos.gif