Conselheiro vai pedir informações à Diretoria Executiva sobre diretor-geral do Bahia

Ontem, o IB mostrou que o profissional atua com foco nas questões administrativas, financeiras e estratégicas

Foto: Felipe Oliveira / ECBahia


Conselheiro do Bahia, Jailson Baraúna afirmou ao Info Bahêa que irá pedir mais informações à Diretoria Executiva sobre quem é Eduardo Gadelha, diretor-geral contratado em setembro de 2021, mas nunca anunciado pelo clube. Ele responde pela maior função administrativa dentro do Tricolor.


"Vamos buscar saber quem é, qual a qualificação, o que faz no clube e quanto ganha. O Bahia diz que não divulgou por política interna. Então essa política vai contra a propaganda de clube mais transparente da Bahia e um dos mais transparentes do Brasil", afirmou Baraúna.


Ontem, o IB mostrou que o profissional atua com foco nas questões administrativas, financeiras e estratégicas – funções também delegadas estatutariamente a Bellintani. Gadelha não consta na lista de funcionários do clube e seu cargo não está previsto no organograma da agremiação.


Baraúna questiona ainda a falta de comunicação ao Conselho Deliberativo. "Tivemos, recentemente, uma reunião de mais de sete horas com o presidente e sua equipe e nada foi dito sobre esse cargo tão importante", pontuou.


Repercussão - A notícia da contratação de um diretor-geral repercutiu nos círculos que discutem o Bahia. Ex-presidente do clube, Marcelo Sant'Ana criticou a falta de transparência na ação da diretoria comandada por Guilherme Bellintani.


"Eu só não vou dizer que estou surpreso pois fiquei surpreso semana passada quando soube que o Bahia tinha Diretor-geral. Agora também sei o nome do profissional. É lamentável o Clube não divulgar a contratação de um funcionário que teria o maior cargo administrativo do Clube", criticou.

728x90-Campanha-BNAutos.gif