Dabove minimiza protestos de jogadores por salários atrasados: 'São situações normais'

No fim de semana, o Bahia confirmou o atraso no pagamento do time principal e feminino

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia


Técnico do Bahia, o argentino Diego Dabove minimizou a crise que o Tricolor passa - inclusive com protestos de jogadores por conta do atraso de salários. Em entrevista após a derrota por 2x0 contra o Internacional, Dabove disse que essa situação é "normal".


"A respeito da situação e protesto dos jogadores, são situações normais no futebol. Tenho 20 anos de futebol e vivi isso várias vezes. Passa. Seguramente, chegarão a um acordo e o melhor final para todos", completou.


No fim de semana, o Bahia confirmou o atraso no pagamento do time principal e feminino.


Com dois tentos sofridos por bola aérea, o professor disse que esse não era um problema do Bahia, mas prometeu mais atenção.


"Com relação à bola aérea, é uma situação que vínhamos bem, sem maiores problemas. E hoje acredito que [os jogadores do Inter] conseguiram, em duas oportunidades, e terminamos pagando caro. Tem coisas a trabalhar que têm mais a ver com concentração e com o momento da partida do que com o trabalho. Vínhamos bem".

728x90-Campanha-BNAutos.gif