Danilo ainda tem vidro no corpo, dois meses após atentado contra ônibus do Bahia

Após dois meses do atentado, ninguém foi preso

Foto: Sócio Digital


O Bahia venceu o Londrina na última terça-feira (3) e divulgou um vídeo com detalhes do triunfo. Na gravação, o goleiro Danilo Fernandes aparece retirando estilhaços de vidro do seu corpo.


O jogador foi uma das vítimas do atentado ao ônibus do clube, no dia 24 de fevereiro. “Esse não é o primeiro que sai. Já tirei alguns em casa, no CT”, disse Danilo.


Ao se ferir, Danilo Fernandes foi levado para um hospital e recebeu 20 pontos entre orelha, rosto e perna.


Após dois meses do atentado, ninguém foi preso. A Polícia Civil identificou que os envolvidos são membros da maior torcida organizada do Bahia, a Bamor, e todos já foram ouvidos. No final de abril, a polícia prorrogou por mais 30 dias o inquérito que investiga o caso.


O ataque aconteceu quando a delegação tricolor chegava na Arena Fonte Nova para uma partida da Copa do Nordeste, contra o Sampaio Corrêa.


Além do goleiro, o lateral-esquerdo Matheus Bahia também foi atingido.