Destino de 'reforço' do Bahia, Goiás está proibido de registrar atletas; veja condições

Mesmo com tantos empecilhos, o atleta foi anunciado pelo Esmeraldino - a negociação foi também confirmada pelo Bahia

Foto: Divulgação


Destino do atacante Vinícius, reforço do Bahia que foi contratado e nem chegou a pisar em Salvador, o Goiás não pode registrar atletas até quitar uma dívida de quase R$ 720 mil com o Goianésia.


De acordo com o Globo Esporte, o time esmeraldino foi proibido pela Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) de registrar novos jogadores por seis meses, a não ser que pague a dívida ou apresente um plano de parcelamento até o dia 30 de dezembro deste ano.


Se o imbróglio passar desse prazo, o Verdão poderá registrar jogadores a partir do dia 19 de janeiro (se quitar a dívida). Se não resolver o impasse, o Goiás ficará punido por seis meses.


Mesmo com tantos empecilhos, o atleta foi anunciado pelo Esmeraldino - a negociação foi também confirmada pelo Bahia, que dia depois criticou anúncios antecipados, antes do fechamento de todas as questões.