Diego Dabove foi ‘erro pessoal meu’, assume Guilherme Bellintani

Bellintani voltou a citar o déficit financeiro, mas disse que o fator “não justifica” a posição atual na tabela

Foto: Felipe Oliveira / ECBahia


Presidente do Bahia, Guilherme Bellintani afirmou hoje (8), em entrevista à TV Aratu, que a contratação do técnico Diego Dabove foi um “erro pessoal” que ele cometeu. O técnico ficou 59 dias à frente do Tricolor, antes de ser trocado por Guto Ferreira.

“O movimento de trazer estrangeiro foi erro pessoal meu e da nossa análise. Pior do que errar é persistir no erro. A gente entende que ele não conhece de futebol brasileiro a ponto de nos dar segurança. Trouxemos um treinador que já treinou mais de metade do nosso elenco”, afirmou.

Bellintani voltou a citar o déficit financeiro, mas disse que o fator “não justifica” a posição atual na tabela – na zona de rebaixamento.

728x90-Campanha-BNAutos.gif