top of page

Em Salvador, Caio Roque fala pela primeira vez como atleta do Bahia; veja coletiva

No Bahia desde agosto, atleta ainda não havia concedido entrevista


Foto: Tiago Caldas/ EC Bahia

Revelado pelo Flamengo, o lateral-esquerdo Caio Roque foi vendido para o Lommel SK, da Bélgica, em 2020, sem nem sequer jogar uma partida na equipe profissional do time carioca.


Sua chegada no Bahia foi discreta. Não houve vídeo de apresentação nem mesmo coletiva de imprensa. A única informação cedida pelo clube à época veio em nota conjunta que informava o retorno do atacante Arthur Sales ao time belga.


À princípio, Caio viria apenas para tratar uma lesão. Em poucos dias, seu nome já estava publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e no site oficial do clube o atleta constava como parte do elenco.


O tempo passou, o lateral se recuperou de lesão, viajou com o time para Manchester e retornou à Salvador para fazer parte da equipe alternativa que iniciará o Campeonato Baiano desta temporada.


“Eu estava no Lommel SK, me machuquei e tive a oportunidade de vir para o Bahia para realizar tratamento. Achei que seria bom para mim, ficar mais perto da minha família, então quero agradecer o Bahia pela oportunidade e por abrir as portas para mim. Estou preparado e liberado do Departamento Médico e vou poder ajudar o Bahia em 2024.” Disse Caio.


Com o futebol e estilo de jogo ainda desconhecido pela torcida, Caio falou um pouco sobre suas valências.


“O que me levou até o Grupo City foi minha característica ofensiva, de chegar bastante no fundo, mas sei que devo me conservar para trabalhar ali atrás, não posso dar bobeira.” Afirmou.

A partida de amanhã, diante do Jequié, será comandada pelo técnico do sub-20, Rogério Ferreira. O atleta disse ter conversado com o treinador e contou como ele poderá ajudar a equipe nesta estreia.


“A gente teve uma conversa ontem e sabemos que minha minutagem no campo tem que ser moderada porque fiquei muito tempo parado. A conversa com ele foi muito boa e vamos resolver que é melhor para mim e para o time.” Concluiu.


Veja a coletiva completa:



Comments


bottom of page