top of page

Enderson ressalta bom primeiro tempo, mas lamenta empate contra CRB

Questionado sobre o cansaço dos atletas, ele foi categórico ao afirmar que os jogadores deram o seu máximo em campo

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia


O técnico do Bahia, Enderson Moreira, afirmou que o Bahia "pagou um preço alto demais" no empate contra o CRB. Ele ressaltou, no entanto, que o time teve um bom primeiro tempo.


"Acho que a gente pagou um preço alto demais por não ter conseguido tamanha superioridade em vantagem. A equipe do CRB não criou tantas oportunidades na segunda etapa. É claro que a gente fica muito chateado. Queria reconhecer a força o nosso torcedor; enquanto houve jogo, eles nos apoiaram. Acho que, no segundo tempo, criamos boas situações, bons cruzamentos, bola passando próximo. Mas, sob o meu comando, foi o melhor primeiro tempo, tem que valorizar muito esse aspecto", disse.

O treinador admitiu que "a perna pesou". Questionado sobre o cansaço dos atletas, ele foi categórico ao afirmar que os jogadores deram o seu máximo em campo.


"É uma coisa óbvia. Ontem a gente estava a menos de 48h do último jogo. A gente fez três jogos fora de casa. É o meu sexto jogo, foram quatro fora de casa. Não estou justificando. A gente tem que enaltecer o primeiro tempo da equipe. O Mugni foi até onde ele conseguiu, o Patrick acabou saindo, o Daniel também".

Comments


bottom of page