top of page

Freeland fala sobre futuro, renovações e diz que aguarda "ok" do Grupo City

Diretor de Futebol foi personagem do podcast Segue o BAba, do Globo Esporte Bahia

Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

O diretor de futebol do Bahia, Eduardo Freeland, foi personagem do episódio 113 do podcast Segue o BAba, do Globo Esporte Bahia. Entre diversos assuntos, o cartola falou sobre futuro, renovações e diz que aguarda "ok" do Grupo City. Segundo Freeland, as conversas sobre renovações estão suspensas. "Está em suspensão. Toda a nossa conversa a gente acredita que vá começar na próxima semana, algo mais direto, na definição dessas situações. Tanto os atletas que tem contrato com término em dezembro, tanto com jogadores do mercado", disse. Ao ser questionado sobre o prazo de montagem do elenco e se estava sendo pressionado pelos atletas por respostas, o dirigente respondeu: "O que a gente usou como estratégia e de forma muito transparente, a gente comunicou isso aos representantes e aos atletas, é que iniciamos uma conversa com alguns com a intenção de renovação [...] assim que a gente tiver um ok entre Bahia e Grupo [City], a tendência é a gente conseguir efetivar". Freeland também falou que na próxima semana, acontecerá uma reunião de pontapé inicial para o planejamento de 2023. "Na verdade, a gente ainda não teve uma reunião aprofundada [...] acredito que vai ser semana que vem. A partir dessa reunião, a gente vai poder falar de uma forma um pouco mais direta sobre isso [possíveis permanências]", explicou.


Os meias Lucas Mugni e Ricardo Goulart, por exemplo, tinham gatilhos de renovação automática no contrato, mas nenhum dos dois atingiu as metas. Portanto, a permanência de ambos, precisará passar por discussão e negociação. Falando especificamente da SAF, Freeland elogiou o processo. "Eu particularmente, olhando de fora, acho que o movimento do Bahia é extraordinário. E sabendo do que eu estou sabendo internamente, acho que ninguém no Brasil vai conseguir fazer nada perto do que o Bahia vai fazer", elogiou o dirigente. Para escutar o podcast completo com o diretor de futebol Eduardo Freeland, com 1 hora de conteúdo, clique AQUI.

Comments


bottom of page