Garota agredida com garrafa de vidro por Clayson mostra ferimentos

Após a acusação, o atacante deixou o clube mato-grossense e não participou da última rodada do Brasileirão

Foto: Divulgação / Redes Sociais


A mulher agredida pelo atacante Clayson, que pertence ao Bahia e estava emprestado ao Cuiabá, publicou fotos nas redes sociais após denunciar o caso. Danielle Sarti, de 22 anos, chegou a ser internada após as agressões sofridas em um Motel.


De acordo com o Bnews, além das imagens, a vítima também postou um desabafo. "Queria reiterar minha condição no momento de não falar muito em razão da minha condição que é instável. Vocês não deveriam falar sobre o que não sabem. Estou em um hospital municipal, muito bem estruturado, fui super bem atendida aqui. Eles [os agressores] estão na casa deles. O que está saindo por aí é que vou receber milhões, 100 mil de indenização. Gente, o que é isso? Estou em hospital público, sem apoio de nenhum dos envolvidos e vocês vem com 'fofoquinha'? Por favor... deixa eu me recuperar", escreveu.


Além de Clayson, Danielle também acusou o jogador Rafael Grava de ter participado das agressões, mas ele negou. Após a acusação, o atacante deixou o clube mato-grossense e não participou da última rodada do Brasileirão, nesta quinta-feira (9).