top of page

Gilberto e elenco tem total confiança na permanência: 'sabemos que é possível'

Experiente, lateral disse que já passou por situação parecida quando defendia o Flu em 2019

Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

Após a vitória do Cruzeiro sobre o Fortaleza no último sábado (19) em pleno Castelão, o Bahia voltou para a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro faltando apenas quatro jogos para o fim da competição.


O Tricolor terá um difícil duelo contra o Corinthians na sexta-feira (24), onde irá tentar quebrar um tabu de quinze anos sem vencer a equipe fora de casa para tentar respirar nesta reta final de Brasileiro. A equipe do técnico Rogério Ceni em terá em seguida três confrontos, sendo dois deles em casa e um contra o já rebaixado América-MG para tentar tirar o Bahia de vez desta situação.


Gilberto, lateral-direito da equipe e uma das lideranças no vestiário, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (21), no CT Evaristo de Macedo e revelou que o elenco ainda tem confiança na permanência na primeira divisão.


"A gente tem buscado sempre isso desde o dia que eu cheguei aqui. Não vim para cá para brigar contra o rebaixamento. Eu sei que o momento é difícil. Temos que ter atenção. A gente sabe que é totalmente possível. Depende da gente fazer bons jogos, começando principalmente na sexta-feira. A gente precisa fazer um grande jogo e buscar esse triunfo na casa do Corinthians."

O atleta relembrou o ano de 2019, quando viveu situação semelhante a do Bahia quando defendia as cores do Fluminense.


“A gente conversa bastante, principalmente os jogadores mais experientes. Já tivemos essa experiência, eu já tive. Em 2019 vivi praticamente a mesma situação, 38 pontos faltando quatro jogos e conseguimos reverter. Tem que ter a cabeça no lugar, psicológico forte, um puxar o outro. Palavras positivas nesse momento podem incentivar aqueles que estão mais para baixo. A gente sabe que faltam só quatro jogos e que precisam ser os quatro jogos de nossa vida." Afimrou.


Para finalizar, o atleta disse que o grupo aproveitou essa pausa no campeonato para corrigir falhas e fortalecer os pontos frágeis da equipe.


“Vimos vídeos principalmente agora na parada da Data FIFA, treinamos bastante bola parada, sabemos que a gente errou muito nisso. É ter mais atenção e foco durante todo o jogo para não acontecer mais isso e a gente está vivo na luta” Concluiu.


Confira entrevista coletiva completa:



コメント


bottom of page