Guto fala em 'revolta' com derrota e admite erro capital do Bahia

"No escanteio houve um erro sim, de posicionamento", admitiu

Foto: Felipe Oliveira / ECBahia


O técnico Guto Ferreira não ficou satisfeito com a derrota do Bahia diante do Ituano, ontem, pelo Brasileiro Série B. O comandante do Tricolor disse ter ficado "revoltado" como a maneira que o resultado se deu.


"A revolta é da maneira que foi. Porque se você pegar a parte ofensiva do Ituano, eles criaram pouquíssimo. Mas tiveram a competência de marcar na bola parada. Eles não cometeram um erro capital. Nós tivemos um erro capital. Então, a nós resta lamentar. E mais que isso, resta olhar o erro para não voltar a cometer nos próximos jogos. Nós temos um resultado, que dependendo da rodada, podemos até seguir na liderança. E a gente não sai do G-4. Então é procurar fazer melhor o próximo para seguir nossa luta. Precisamos muito do nosso torcedor, que faz a diferença e eu tenho certeza que vai estar na Fonte Nova", disse.


O professor assumiu ainda o cometimento do "erro capital" pela sua equipe, que facilitou a vida do Ituano num erro na defesa.


"No escanteio houve um erro sim, de posicionamento. E a felicidade do menino que soube ocupar o espaço. Ainda deu sorte que a bola bateu na trave. A questão do segundo tempo, paramos em uma marcação com oito, às vezes nove jogadores atrás da bola. Conseguimos empurrar a equipe do Ituano, mas não tivemos a felicidade de marcar".