Raio-x de 2021: Veja quantidade de triunfos e aproveitamento de atletas do Bahia

Levantamento exclusivo do Info Bahêa detalha ano da queda

Foto: Felipe Oliveira / ECBahia


O ano de 2021 terminou da pior forma possível para o torcedor do Bahia, com o rebaixamento para a segunda divisão. Para condensar todas as informações, o colaborador do Info Bahêa, Vitor Piñeiro, condensou informações importantes da temporada.


O clube disputou quatro competições com o time principal -- Brasileirão, Copa do Brasil, Sulamericana e Copa do Nordeste. Foram, ao todo, 62 jogos, com 23 triunfos, 15 empates e 24 derrotas.


Bahia teve mais derrotas do que triunfos

O clube marcou, nestas competições, 89 gols e sofreu 75 tentos dos adversários. Na elite do futebol, o rebaixamento foi cravado na 18ª posição. Na Copa do Brasil, o tricolor ficou nas oitavas de final, eliminado pelo Atlético-MG. Na Sulamericana, a queda aconteceu ainda na primeira fase e na Copa do Nordeste -- um dos poucos momentos positivos do ano --, veio o tetra campeonato.


Jogadores -- Desde o início do ano, o Bahia contratou 20 reforços. Destes quatro não jogaram uma única partida pela equipe principal, começando como titulares - Denis Júnior, Luizão, Cirino e Pablo.


Lista mostra jogadores que chegaram, número de titularidades e atletas que saíram

Tomando como base a média de jogos do lateral Nino Paraíba, titular absoluto que só sai do time com lesão ou suspensão, atingimos a média de 32 jogos na temporada. Dos 20 jogadores que chegaram à equipe, apenas seis passaram de dez participações como titular no time - Danilo Fernandes (16), Conti (28), Luiz Otávio (29), Mugni (19), Raí (15) e Thaciano (10).


Veja, abaixo, as médias como titular:

Quatro "reforços" não reforçaram Bahia em nenhuma partida no Brasileiro

Até o momento, o Bahia não fez nenhum anúncio oficial de reforço para temporada de 2022. A única confirmação é a permanência do técnico Guto Ferreira. Há especulações sobre Nino Paraíba e Raniele.

728x90-Campanha-BNAutos.gif