Rossi sofre estiramento de grau 2 na coxa, constata Bahia

Nesta quinta (9) os atletas voltam a trabalhar novamente na Cidade Tricolor

Foto: Felipe Oliveira / ECBahia


O atacante Rossi, que jogou todas as partidas do Bahia no Brasileirão, sofreu um estiramento grau 2 na coxa, segundo o clube.


O atleta foi substituído na partida contra o Fortaleza, após sentir dores. Ele já iniciou tratamento médico. Com isso, é provável que ele não seja relacionado para a partida do sábado, contra o Santos, na Vila Belmiro.


A manhã de quarta-feira (8) foi de mais treino para enfrentar a equipe paulista.


Após um trabalho de ativação muscular na academia, o grupo seguiu para o campo e iniciou um treino físico com troca de passes no campo 1 do CT Evaristo de Macedo. O trabalho foi comandado pelos preparadores Agustin Buscaglia, Luiz Andrade e Eduardo Souza.


No segundo momento, todo o grupo se dirigiu ao campo 2 e foi a vez dos jogadores aprimorarem a parte técnica. O treinador Diego Dabove aplicou um treino técnico com bola.


Dabove dividiu o elenco em quatro grupos, que se enfrentavam em pequenos quadrados desenhados do gramado. O objetivo era manter a posse e depois terminar a jogada com uma finalização.


No fim, os laterais e zagueiros ainda passaram por um trabalho especial de volta no campo 1, com os auxiliares Guilhermo Formica e Walter Ribonetto.


Nesta quinta (9) os atletas voltam a trabalhar novamente na Cidade Tricolor.

728x90-Campanha-BNAutos.gif