Talisca admite ligação para Bellintani para tentar jogar no Bahia ano passado

Revelação do jogador aconteceu durante live do Canal Sou Mais Bahia, no YouTube


Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

O jogador Anderson Talisca, 27, cria da base do Esquadrão, revelou que esteve próximo de reforçar o Tricolor durante 6 meses, devido a um possível adiamento do Campeonato Chinês em 2020, em decorrência da pandemia do coronavírus. O próprio atleta admitiu a informação, em live para o canal Sou Mais Bahia.


Talisca também contou que ele mesmo entrou em contato com o presidente Guilherme Bellintani na época, para poder avaliar a situação de um possível retorno.


Anderson estava insatisfeito na China, e revelou estar com saudades dos filhos, os quais ele não via há mais de um ano. Com o fechamento da fronteira do país asiático, e a possibilidade de não haver mais campeonato naquele momento, Talisca veio para o Brasil ficar junto à família, e durante 6 meses, vestiria a camisa do Bahia com os salários pagos pelo clube chinês.


A negociação acabou não acontecendo, pois o Guangzhou Evergrande, clube que defendia na época, acabou conseguindo uma liberação para o jogador voltar ao país. O próprio clube enviou um jatinho particular para levar o jogador de volta à equipe.


Revelado em 2013 pelo Tricolor, Talisca coleciona passagens por Benfica (POR), Besiktas (TUR), Guangzhou Evergrande (CHI) e Al Nassr da Arábia Saudita, seu time atual.

728x90-Campanha-BNAutos.gif