"Time de Transição acaba como projeto isolado", revela Bellintani

Clube vai trabalhar com um grupo único de 30 a 32 atletas na equipe principal


Felipe Oliveira/ EC Bahia

O presidente Guilherme Bellintani revelou na tarde desta quarta-feira (05), em entrevista coletiva no CT Evaristo de Macedo, que o projeto do Time de Transição chegou ao fim de maneira isolada.


"O time de transição acaba como projeto isolado. A gente vai trabalhar com 30 a 32 atletas. Uma parte desses 30 a 32, sendo 6 a 8, devem ser originários do que seria o Time de Transição", disse o presidente. "Os dois primeiros jogos do Baiano serão comandados por Bruno e o elenco que vai à campo será ainda do Transição. Por que vamos fazer isso? Por um motivo específico: eles estão treinando desde dezembro", completou.

728x90-Campanha-BNAutos.gif