Trabalho de Guto causava insatisfação à Diretoria Executiva do clube, afirma GE

Presidente Guilherme Bellintani era a favor da permanência do treinador

Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

Com a demissão de Guto Ferreira na madrugada deste domingo (26), e a já confirmação do novo técnico Enderson Moreira a frente do Tricolor, o Globo Esporte conseguiu uma reportagem exclusiva com o treinador, onde ele deu detalhes da sua demissão.


De acordo com a matéria, Guto só soube do seu desligamento ao chegar em casa após a derrota para o Novorizontino pelo placar de 1 a 0 na Arena Fonte Nova.


Segundo o GE, a notícia da demissão do treinador foi encarada como uma surpresa e certo espanto do elenco Tricolor, que apenas soube da demissão do até então atual comandante ao acordarem na manhã de hoje (26). O treinador sequer teve a oportunidade de se despedir do seu plantel.


O trabalho do técnico já causava insatisfação à Diretoria Executiva do clube. Apesar do Presidente Guilherme Bellintani defender a permanência do treinador.


"Talvez eles achem que eu não estava conseguindo tirar tudo do grupo. Meu trabalho está aí, está feito. É isso, gratidão pela oportunidade, ao torcedor que nos apoiou nessa passagem.

Cada um sabe o que quer pra ti, e quem acompanha o dia a dia pode não estar feliz com o que estamos fazendo, embora os resultados estejam aí. Vida que segue.” Disse Guto em reportagem exclusiva ao Globo Esporte.


Em sua terceira passagem pelo Bahia, o treinador realizou 47 partidas, com 20 triunfos, 10 empates e 17 derrotas, para um aproveitamento de 42,5%.