Buscar

O clube disse ainda que sempre teve "profundo respeito em relação às decisões sanitárias ao longo da pandemia"

Foto: Felipe Oliveira / ECBahia


O Bahia prometeu, em nota publicada no Sócio Digital, estudar possibilidades para que a torcida retorne aos estádios. A manifestação vem após o clube anunciar que a partida contra o Doce Mel, pelo Baianão, será sem público por conta da limitação de 1.500 pessoas, imposta pelo Governo do Estado.


"Após a partida desta quarta-feira, contra o Doce Mel, pelo Campeonato Baiano, a situação será reavaliada. Os jogos seguintes em casa do Esquadrão estão marcados para 9 ou 10 de fevereiro, pelo Estadual, e 12 ou 13 de fevereiro, pela Copa do Nordeste. Caso o limite de 1.500 pessoas por partida seja mantido, Bahia e Arena vão estudar alternativas para que a ausência de público não se alongue por mais tempo", diz o clube.

Ontem, opiniões diversas debateram o afastamento do público (leia aqui e aqui). O Bahia disse ainda que sempre teve "profundo respeito em relação às decisões sanitárias ao longo da pandemia". "Após estudo realizado em parceria com a Arena Fonte Nova, ficou constatado que a operação para receber apenas 1.500 produziria um prejuízo grande ao clube, com custos em torno de R$ 100 mil por jogo, numa temporada em que o Bahia já possui um desafio financeiro imenso fora da Série A do Brasileirão".

Essa é a primeira partida que o profissional vai apitar esse ano


A Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou ontem (25) a escala de arbitragem da terceira rodada do Campeonato Baiano. O Bahia, que enfrenta o Docel Mel na Fonte Nova, terá como juiz Ricarle Gonçalves. Essa é a primeira partida que o profissional vai apitar esse ano.


Ele será assistido por Elicarlos Franco e Daniella Coutinho. O 4° arbitro será Jeferson Silva Andrade. A partida acontecerá sem público. O jogo será disputado às 19h15 e marca a estreia do professor Guto Ferreira à beira do campo nessa temporada.

O técnico Guto Ferreira montou sua equipe titular e realizou um treino coletivo


Foto: Rafael Machaddo/ EC Bahia

O elenco comandado por Guto Ferreira se reapresentou na tarde desta segunda-feira (24), no CT Evaristo de Macedo, de olho na terceira rodada do Campeonato Baiano, contra o Doce Mel, nesta quarta (26), às 19h15, na Arena Fonte Nova.


O início das atividades aconteceu no auditório do CT, onde foram apresentados alguns vídeos preparados pela equipe de análise e desempenho visando o estudar o próximo adversário.


Em seguida, o grupo fez um trabalho de força e ativação muscular, primeiramente na academia, e depois partiram para o gramado.


Após isso, Guto escalou duas equipes, com ênfase em aprimorar situações de construção de jogadas e finalizações ao gol.


No segundo momento, foi realizado um treino tático com as duas equipes se enfrentando em campo reduzido.


A última parte do treinamento foi dedicada somente a jogadas de bola parada. O auxiliar técnico André Luís esteve no comando da atividade, simulando situações ofensivas e defensivas.


Alguns atletas também treinaram cobranças de faltas frontais e pênaltis.


No campo 2, o lateral Matheus Bahia, o meia Lucas Mugni, e o atacante Hugo Rodallega fizeram trabalhos físicos e técnicos específicos.


O volante Willian Maranhão, se recuperando de um desconforto muscular, realizou tratamento em dois períodos de fisioterapia.