Émerson Ferretti fala em mudança de patamar com SAF e alerta: "Precisa ser bem feito"

Ex- goleiro tratou como uma "alternativa interessante", mas falou em tom de cautela

Foto: Alexandre Galvão/ Info Bahêa

Um dos maiores goleiros da história do Bahia, Émerson Ferretti relembrou os tempos de gramado durante o evento da Acelen nesta quarta-feira (27), em virtude da sua participação no Ba-Vi de másters e também da celebração do dia do goleiro na última terça-feira (26). Emerson ainda aproveitou para comentar sobre o processo de SAF no Bahia. "A saudade é muito grande porque atuar é o melhor momento, né? A gente treina, treina, concentra, a hora do jogo é o melhor momento. E quando tem um dia para homenagear a gente, uma profissão tão bonita, tão difícil, a gente lógico que lembra dos momentos que teve dentro de campo, que foram muitos e sente muita saudade", disse.


Sobre o processo de SAF no Tricolor, Ferretti enxerga com bons olhos, tratou como uma "alternativa muito interessante", mas falou em tom de cautela. "Bom, eu espero que seja muito bem estudado toda proposta que chegue ou que chegaram [...] porque precisa ter muito cuidado. Eu não sou contra a SAF, acho que pode ser uma alternativa muito interessante de dar um upgrade no trabalho, nas finanças do clube, no patamar do clube, mas precisa ser muito bem feito", comentou com exclusividade ao Info Bahêa.


"Então eu acho que o Bahia está tendo esse cuidado de analisar bem e eu espero que todas as informações sejam disponibilizadas pra quem vai votar e vai decidir o futuro do clube", finalizou o ex-goleiro.