Rebaixado, Bahia sofrerá baque financeiro; veja valores

Desde o início da pandemia, em 2020, o clube acumula prejuízos

Foto: Felipe Oliveira / ECBahia


Rebaixado na noite de ontem para a Série B do Brasileirão, o Bahia vai sentir no bolso o resultado da incompetência na elite do futebol. De acordo com o Correio, o orçamento para o próximo ano deve ser apresentado pela diretoria ao Conselho Deliberativo nos próximos dias, mas já é possível saber que o Bahia vai ter uma queda significativa nas receitas. O impacto principal decorre dos direitos de transmissão, popularmente chamados de cotas de TV.


Segundo a publicação, s quatro rebaixados não recebem mais no primeiro ano de segunda divisão a cota a que teriam direito na elite. Tomando como base a Série B deste ano, o valor que o tricolor receberá vai cair para cerca de R$ 7,2 milhões. Ou seja, uma redução de R$ 47,8 milhões em relação a 2021. O baque representa 28% da projeção total de orçamento do clube, que é de R$ 171 milhões.


Desde o início da pandemia, em 2020, o clube acumula prejuízos. Na temporada passada, por exemplo, o déficit do Esquadrão foi de R$ 52 milhões. A tendência é que feche no vermelho de novo.