Torcida: Bellintani sugeriu retorno em outubro, mas volta atrás em reunião com CBF

Presidente tricolor abriu mão para apoiar proposta do Sport

Foto: Felipe Oliveira / ECBahia


Presidente do Bahia, Guilherme Bellintani sugeriu em reunião virtual de clubes da série A junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que o público fosse permito voltar aos estádios em 2 de outubro.


A proposta, segundo o UOL, não prosperou. A ideia do presidente do tricolor era a permissão a partir do segundo dia de outubro, caso 80% dos clubes da Série A tivessem permissão para isso.


O grupo decidiu, no entanto, que manter os jogos sem público no Brasileirão pelo menos até 2 de outubro. Se até lá todas as autoridades locais não tiverem dado aval, nenhum clube poderá ter torcida em suas partidas. Em 28 de setembro, haverá uma nova reunião para checar o cenário das liberações até lá. Bellintani abriu mão da sua proposta para apoiar essa segunda, apresentada pelo Sport.


Agora, os 19 clubes da elite do futebol brasileiro se voltam contra o Flamengo, que, com liminar deferida pelo STJD, tem tido direito a levar público aos seus jogos em casa.


Os cartolas combinaram entrar com um mandado de garantia para convencer o presidente da corte, Otávio Noronha, de que a presença de torcida só deve acontecer — em nome da isonomia — se todos os clubes puderem fazer o mesmo.

728x90-Campanha-BNAutos.gif